Como deve ser a iluminação de cada ambiente?

Categorias: Tags:

Cada área da casa pede um tipo de iluminação e, por conta disso, requer uma solução específica. A iluminação deve ser de acordo com as sensações que você quer despertar no espaço.

Sala de jantar

Uma boa iluminação em cima da mesa de jantar é essencial, por isso é recomendável o uso de um lustre. Em mesas retangulares muito compridas, pode ser necessária a instalação de pontos auxiliares nas laterais, pois o lustre geralmente tem foco mais direto no centro da mesa. 

Sala de estar
Este ambiente pede uma iluminação mais suave, pontuando mesas de centro e laterais, mas sem deixar a circulação muito escura. Pode-se usar uma automação para controlar a intensidade da luz e apostar na iluminação indireta com o uso de abajures e luminárias de piso. Uma dica é nunca colocar pontos em cima do sofá, de poltronas ou pufes, pois pode incomodar as pessoas que sentarem logo abaixo daquele foco de luz.

Quarto
Este ambiente pede uma iluminação suave. Tome cuidado para não projetar luz na cabeceira da cama. A área pede pontos indiretos, que podem ser resolvidos com o uso de abajures nos criados-mudos.

Banheiro
O banheiro pede uma iluminação geral clara e uma luz no local onde fica o espelho. A dica para esse ambiente é utilizar uma luz difusa ou indireta próxima ao espelho, para que o rosto fique iluminado de maneira uniforme e sem sombras. Podem-se usar duas arandelas na lateral, por exemplo.

Cozinha
Neste local, a iluminação tem de ser geral eficiente e bem clara. É comum optar por luz branca, que é intensa. Uma dica importante é iluminar bem as bancadas de trabalho: para isso, podem-se acrescentar pontos de luz com foco. Outra dica é utilizar fitas de LED embaixo dos armários.

Fotos da Loja Matriz em Caruaru-PE

Categorias: Tags: